Como Fazer o Gato Beber Água: Confira 7 Dicas Simples e Fáceis

A água, além de ser essencial para a saúde, é de extrema importância para os gatos. Mas… E por que é tão importante assim para os gatos? Porque os gatos têm uma predisposição muito maior a desenvolverem doenças do trato urinário que as outras espécies. Assim, o consumo adequado de água é a chave para a prevenção, pois ajuda a manter o fluxo urinário e a concentração urinária ideiais.

Na clínica felina, é muito comum os casos de doença do trato urinário inferior felino (DTUIF), que compreende a bexiga e a uretra. Pode ser causada por doenças inflamatórias da bexiga e da uretra de origem desconhecida ou de origem infecciosa, por neoplasias, por cálculos (urolitíase) ou por estenose da uretra. É classificada em não-obstrutiva ou obstrutiva – esta última é considerada uma emergência e os gatos precisam receber atendimento veterinário o mais rápido possível.

É importante ressaltar que gatos machos apresentam maior chance de desenvolver a doença, pois a uretra dos machos é mais fina em relação a uretra das fêmeas. Gatos castrados também apresentam maior chance, visto que com a castração os gatos ficam mais sedentários, se movimentam menos e bebem menos água. Assim, a urina fica retida na bexiga por mais tempo e causa irritação da parede.

Vale lembrar que a castração é um procedimento essencial para os gatos, visto que previne o tumor de mama em fêmeas e o tumor de próstata em machos, melhora o comportamento e contribui para o controle populacional e não é um fator que predispõe a doenças urinárias, desde que o gato seja estimulado a beber água e a se movimentar com exercícios e brincadeiras, por exemplo.

Geralmente, os gatos apresentam dificuldade e dor ao urinar, aumento da frequência com diminuição do volume de urina, sangue na urina e podem urinar fora do local habitual.

E o seu gato? Ele está bebendo pouca água? Confira aqui 7 dicas simples e fáceis, saiba como fazer o seu gato beber água e previna as doenças do trato urinário.

Como Fazer o Gato Beber Água?

1. Manter sempre a água fresca

É ideal trocar a água dos gatos 2 vezes por dia e lavar as vasilhas de água diariamente para manter sempre a água fresca. Vasilhas de vidro, porcelana, cerâmica ou aço inox são melhores que vasilhas de plástico, pois não favorecem a proliferação bacteriana e mantém a água mais fresca.

2. Oferecer água em vasilhas de formatos diferentes

Cada gato tem a sua preferência por vasilha. Alguns preferem vasilhas grandes para não encostar os bigodes nas bordas, enquanto outros preferem vasilhas pequenas para encostar somente a língua. Assim, variando o formato das vasilhas fica mais fácil de saber o modo que os gatos preferem beber água.

3. Colocar as vasilhas de água longe das vasilhas de comida

Apesar de domesticados, os gatos conservam muito seus instintos de viver natureza. Como na natureza os gatos não beberiam água perto do seu alimento, ou seja, da sua presa, para evitar contaminação, é interessante manter água e comida longes uma da outra.

4. Colocar fontes de água pela casa

Também a fim de mimetizar a natureza, a água corrente da fonte simula o barulho da água corrente de rios e riachos, onde os gatos beberiam água. Logo, é uma maneira de os gatos se sentirem mais próximos da sua natureza.

5. Espalhar várias vasilhas de água pela casa

Na natureza, os gatos não teriam água em um lugar fixo. Assim, espalhar várias vasilhas de água em lugares diferentes da casa pode ser uma opção bastante atrativa para os gatos.

6. Colocar a água em vasilhas de vidro com espelho embaixo

A função do espelho embaixo da vasilha de vidro é mostrar o reflexo dos gatos, mais uma vez, mimetizando a natureza, em que os gatos veriam o seu reflexo ao beber água em rios e riachos.

7. Acrescentar ração úmida na alimentação dos gatos

Última dica, mas não  menos importante, é acrescentar ração úmida na alimentação dos gatos. As rações úmidas apresentam em torno de 80% de umidade, enquanto as rações secas apresentam em torno de 10% de umidade. Além de hidratar os gatos, a ração úmida é altamente palatável, é atrativa pelo seu cheiro e pela sua consistência e apresenta os nutrientes necessários para a dieta dos gatos.

Pronto! Agora você já sabe como fazer o seu beber água com 7 dicas simples e fáceis. Fique sempre atento ao consumo de água do seu gato, estimule o consumo de água, exercícios e brincadeiras, promovendo uma vida mais saudável ao seu melhor amigo. Vamos tentar? 🙂

E, você quer saber como garantir que o seu pet está realmente prevenido contra diversas doenças e que ele está sendo vacinado corretamente? A resposta é simples: basta acessar o Guia de Vacinação de Cães e Gatos, desenvolvido especialmente para tutores de cães e gatos. Com este material, você poderá garantir que o seu pet está recebendo as vacinas corretas nos períodos corretos e que ele está recebendo também vacinas de qualidade, além de saber quais as doenças as quais ele está protegido e o que elas causariam, as reações adversas das vacinas, os locais indicados para aplicação de vacinas em gatos e muito mais! Clique aqui para acessar e fazer download o Guia de Vacinação de Cães e Gatos e garanta que o seu pet esteja realmente prevenido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *