Como Acostumar o Gato na Caixa de Transporte? Confira 6 Dicas Infalíveis!

Você já teve dificuldade para colocar o seu gato dentro da caixa de transporte e a experiência não foi positiva? Ele relutou e você ficou com medo de machucá-lo e estressá-lo? Nós sabemos que, apesar de muito fofos, os gatos são animais de comportamento independente e desconfiado e que são muito sensíveis ao estresse. Pensando nisso, separamos 6 dicas infalíveis para você colocar em prática e acostumar o seu gato na caixa de transporte!

Saiba como Acostumar o Gato na Caixa de Transporte

1. Acostumar o gato na caixa de transporte desde pequeno

O período de socialização dos gatos ocorre entre 6 a 8 semanas de idade (em torno dos 2 meses), por isso o ideal é que o condicionamento do comportamento dos gatos seja realizado neste momento, o que inclui medidas de adestramento gerais, como acostumar o gato na caixa de transporte, e contato com outros animais – Lembre-se de que para isso os gatos devem ser vacinados e testados para FIV e FeLV. Para saber mais sobre vacinas para gatos, confira o nosso post Vacinas para Gatos: o Guia Definitivo para Você Entender Tudo Sobre o Assunto. Mas… O seu gato já é adulto? Não precisa se preocupar. As dicas abaixo são válidas para você!

2. Manter a caixa de transporte aberta em casa

Como os gatos são animais que gostam de se esconder e procuram cantos mais escuros e mais reservados, deixar a caixa de transporte aberta em casa pode ser uma boa oportunidade para familiarizar o gato com a caixa de transporte e estimular a sua entrada voluntária.

3. Tornar a caixa de transporte atraente e aconchegante

Para estimular a entrada voluntária e a permanência do gato na caixa de transporte é importante tornar a caixa atrativa e confortável para o gato. Você pode colocar dentro da caixa de transporte toalhas, cobertores e até alguma de suas roupas a fim de criar um ambiente mais aconchegante para o seu gato.

4. Associar a caixa de transporte com experiência positiva

É fundamental que o gato associe que a entrada na caixa de transporte traga algum benefício para ele. Assim, você pode alimentar o seu gato, colocar brinquedos e oferecer Catnip* a ele, tudo isso dentro da caixa de transporte. Recompensar positivamente é uma estratégia que funciona bastante.

* O Catnip, também conhecido como “a erva do gato”, é uma planta aromática chamada Nepeta cataria que proporciona bem-estar físico e mental aos gatos e reduz o estresse por meio de dois efeitos diferentes. Ao ser inalada, provoca agitação e comportamento brincalhão; ao ser ingerida, provoca relaxamento. Ambos os efeitos têm duração de 10 minutos e é necessário aguardar 30 minutos para que a planta faça efeito novamente.

5. Utilizar feromônio facial sintético

Existem feromônios sintéticos disponíveis comercialmente, como o Feliway®️ que são análogos do odor facial felino (fração F3 do feromônio felino), relacionado com a marcação de território e liberado quando o gato esfrega a cabeça e o corpo em algum local do seu ambiente – um comportamento comum que proporciona tranquilidade. A marcação de território também pode ser feita pela urina ou pela arranhadura, porém, esses casos indicam estresse. Logo, há um antagonismo entre a marcação de território facial e a marcação de território pela urina ou pela arranhadura.

Assim, a aplicação do feromônio facial sintético mimetiza o odor facial e atua como um estímulo tranquilizante, além de prevenir a marcação de território pela urina ou pela arranhadura. Recomenda-se aplicar na face 30 minutos antes de colocar o gato na caixa de transporte a fim de manter o animal calmo e de evitar estresse.

6. Tomar medidas de cuidado com a caixa de transporte ao sair de casa

É muito importante que o gato se sinta seguro na caixa de transporte e que a experiência não gere estresse a ele. Por isso, é indicado colocar a caixa de transporte no chão atrás do banco da frente no carro, limitar a visibilidade do gato com toalhas sobre a caixa de transporte e, em alguns casos, administrar previamente fármacos anti-eméticos para evitar vômitos e fármacos ansiolíticos para evitar agitação e agressividade. Lembre-se que a administração de fármacos deve ser feita somente com a orientação de um médico veterinário.

Saiba como acostumar o seu gato na caixa de transporte
Saiba como acostumar o seu gato na caixa de transporte

Devido às características da natureza felina, condicionar o comportamento dos gatos não é uma tarefa fácil, mas também não é impossível. Existem maneiras adequadas para acostumar o gato na caixa de transporte, porém, o que você precisa fazer também é ter paciência e nunca demonstrar medo e agressividade. Dê o tempo certo para o seu gato se acostumar com a caixa de transporte e faça ele se sentir seguro com você. Vamos tentar? 🙂

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *